CONTAMINAÇÃO NAS ÁGUAS DO RIO PARNAÍBA: A QUEM SERÁ QUE SE DESTINA?

Autores:  Laudimir Silva,  Lea Veras,  

Teresina, a capital do estado do Piauí, é uma cidade cortada por dois rios principais: o rio Poty e o rio Parnaíba. Desde há algum tempo, às margens do rio Parnaíba, dezenas de trabalhadores autônomos se aproveitam da fonte aparentemente inesgotável do rio para lavar carros. Eles aproveitam a movimentação de pessoas e fácil acesso de carros pela Avenida Maranhão para trabalhar sem ter a necessidade de pagar as contas inerentes a um negócio em um ambiente mais formal.

Não demorou muito para que os lavadores de carro da Avenida Maranhão ganhassem fama e se tornassem um atrativo na cidade. Vários eram as razões da popularidade desse negócio: a lavagem de carro a baixo custo, em ambiente aberto e próximo da natureza, a possibilidade de tomar uma cervejinha e comer uns aperitivos enquanto o carro é lavado, entre muitos outros motivos. Todavia, esse empreendimento trouxe algumas complicações recentes. Entre elas, a reclamação da população que mora próximo aos lavadores. Essas pessoas reclamam do som em elevados níveis de decibéis que saem das caixas de som instaladas nos veículos dos clientes mais “animadinhos”.

Além disso, a população ribeirinha e os pescadores alegam, junto aos meios de comunicação, uma excessiva mortandade de peixes.

O prefeito da cidade, Firmino Filho, precisa tomar uma atitude em relação a esses problemas. Para tal, precisa definir categoricamente qual é o fator causador da mortandade dos peixes. Para isso montou uma equipe e chamou o professor Sávio Soares, o pescador José da Cruz, a moradora Antônia Lopes e você para ajudar na investigação.

Os peixes estão morrendo, o barulho é tremendo. É tudo culpa desses lavadores, eles deveriam ser punidos e proibidos de atuar! - disse Antônia

Estou de acordo que a lavagem é prejudicial para os peixes, mas também a prefeitura tem que fazer algo em relação aos esgotos. Eu acho que isso também mata nosso ganha pão! - reclamou José.

Nessa conversa inicial, o professor Sávio destacou:

Estou de acordo com ambos. O problema pode ser devido ao descarte inapropriado dos frascos que continham os reagentes de limpeza, como óleo diesel e limpa baú, um detergente ácido. Pode ser também devido a restos de alimentos orgânicos e latas de alumínio na margem do rio. Já em relação aos esgotos, o foco do problema pode ser devido aos altos níveis de chumbo e outros metais pesados. As duas situações são igualmente factíveis, entretanto, o fator causador em cada uma delas é diferente. Na primeira situação, o alto teor de enxofre encontrado no óleo diesel associado ao detergente ácido pode ocasionar uma redução de pH, o que poderia justificar a mortandade dos peixes. No segundo caso, o conteúdo de metais pesados, em especial o chumbo (principal metal pesado contaminante em esgotos domésticos) poderia estar se acumulando no ambiente aquático e sendo absorvido pelos peixes por procedimentos de difusão ou ingestão. Outros parâmetros físico-químicos também podem estar alterados, como a concentração de óleos e graxas e a de sólidos totais.

Você, como membro da equipe, precisa definir como solucionar essa dúvida. Como decidir a causa da mortandade? Que experimentos você poderia sugerir para saber a principal causa de contaminação? Lembre-se que ao sugerir um experimento é necessário descrever claramente a metodologia empregada e o porquê do uso da técnica que você escolheu para solucionar o problema, já que depois ele deverá ser posto em prática por outra equipe e o prefeito deverá ser capaz de justificar os gastos com esses experimentos para a população geral.

 

Estudo de Caso acessado 2666 vezes desde 08/12/15

 

Material Complementar e Soluções para o Caso

O presente material contém 3 arquivos em PDF:

- o caso para impressão no formato A4;

- o texto completo (contendo tópicos como: as fontes de inspiração, a teoria, os conceitos/habilidades/atitudes que se pretende contemplar a partir da aplicação do caso, as etapas sugeridas para a aplicação em sala de aula, as questões sugeridas para discussão e as soluções possíveis para o caso);

- a apresentação em Data-Show do caso e suas soluções.

Acessar Material Complementar