UMA ESTRADA PRA TUPI

Autores:  Dayane Eliara Bertolino,  Larissa Souza Amaral,  Ricardo Sgarbi de Moraes,  

Tupi, uma pequena e antiga cidade localizada no interior de Minas Gerais, estava no centro das notícias nacionais: a TodWagen (TW), uma poderosa indústria multinacional de automóveis, iniciaria suas atividades na cidade, se beneficiando de diversas vantagens fiscais. A propaganda política local dizia que a população (que estava empolgada) seria a mais beneficiada com o fato, que traria também para a região indústrias menores, relacionadas à área automotiva (peças metálicas, plásticas e baterias).

Em entrevista para o jornal local, Seu Genoíno, pai de duas crianças e à espera da terceira filha, não titubeava e dizia:

- Agora chegou o desenvolvimento para a cidade! Educação, saúde e oportunidades vão melhorar com essa gigantesca fábrica!!

            A esposa dele, Dona Jacinta, concordava, e então adicionou:

- Nossos filhos terão emprego garantido quando crescer, né, Gê?

- Com certeza, Jacinta, serão engenheiros!!

No entanto, não foi bem isso que aconteceu: o crescimento e o lucro das indústrias da cidade atingiram cifras cada vez mais altas, enquanto a qualidade de vida da população continuou baixa. A infraestrutura do município não sofreu grandes alterações: boa parte da população continua sem saneamento básico, encanamentos de água potável antigos à base de chumbo, hospitais sucateados, escolas inadequadas e que utilizam tintas antigas nas paredes, cuja composição contém chumbo. Surgiram, então, casos cada vez mais frequentes de crianças apresentando dores abdominais, irritabilidade, agressividade e em alguns casos um baixo desenvolvimento cognitivo.

O primeiro caso de maior repercussão no município foi o da pequena Nicole, filha de 5 anos de Dona Neide. Ela era uma adorável criança que transbordava doçura, com seus cabelos cacheados e ruivos permanecia sempre inquieta ao tentar desvendar os mistérios do dia a dia, passando o período da manhã em casa com sua mãe e o da tarde na escola municipal.

A família residia em uma casa antiga, com um grande quintal, onde era cultivada a horta para sua própria subsistência. A residência localiza-se próxima ao distrito industrial, e a um belo curso d’água (Rio Tupi, que abastece a cidade), inesgotável fonte de barro e água para suas brincadeiras - castelos de princesas eram construídos, lindas pirâmides, assim como vários “quitutes” tomavam forma em suas mãozinhas talentosas.

Após a constatação de Dona Neide do aumento da agressividade de sua filha e de subsequentes reclamações de dores abdominais, Nicole foi hospitalizada em Tupi, mas nada adiantara. Preocupada, sua mãe resolveu levá-la a um hospital de Belo Horizonte, onde após exames (sangue, fezes, urina e imagens por raio-X), além de coleta de informações sobre a rotinada criança, foi constatada contaminação por chumbo.

Nicole possuía altas taxas do metal em sua corrente sanguínea. O caso foi encaminhado ao IBAMA e ao Ministério Público por denúncia de descarte inadequado de metal pesado na pequena cidade de Tupi. Um simples mapa manuscrito da localização da casa de Nicole deu algumas pistas para os órgãos que receberam a denúncia. O caso foi analisado e enviado para investigação a uma empresa de consultoria ambiental e forense.

 Vocês, como membros da empresa de consultoria, devem buscar hipóteses de como a pequena Nicole foi contaminada por chumbo e relacionar os respectivos métodos de análise que poderiam ser utilizados para a detecção do chumbo em excesso nos locais. Argumentem a favor da hipótese de contaminação mais factível e do método de análise mais apropriado para o caso.

 

 

Estudo de Caso acessado 1046 vezes desde 26/05/17

 

Material Complementar e Soluções para o Caso

O presente material contém 3 arquivos em PDF:

- o caso para impressão no formato A4;

- o texto completo (contendo tópicos como: as fontes de inspiração, a teoria, os conceitos/habilidades/atitudes que se pretende contemplar a partir da aplicação do caso, as etapas sugeridas para a aplicação em sala de aula, as questões sugeridas para discussão e as soluções possíveis para o caso);

- a apresentação em Data-Show do caso e suas soluções.

Acessar Material Complementar