MILHÕES INDO PARA O BURACO

Autores:  Carla Danielle Silva Santos,  Cindia Lancelotti,  

A cidade de Araçatuba, localizada no estado de São Paulo, há tempos vem sofrendo com o problema de acidentes causados por rachaduras nos asfaltos. Um dos prefeitos pioneiros, quando implantou as ruas e avenidas pavimentadas, com o objetivo de reduzir os custos solicitou o serviço de menor valor que havia na época. Este fato vem gerando muitos desafios atualmente.

Sr. Álvaro, ao assumir a prefeitura no início do ano, se assustou com o número de processos que havia de motoristas que sofrem perdas e danos devidos a acidentes decorrentes da precária condição asfáltica. Porém, ficou mais espantado ainda quando viu o orçamento gasto no mandado passado com a operação “Tapa-buracos” executada na cidade. Foram milhões destinados somente a este quesito, milhões que deveriam ser aplicados em saúde e educação.

Entre os vários processos que estavam em suas mãos, um deles chamou a atenção, era da senhora Dionísia Pereira Cabral, uma enfermeira aposentada, bastante conhecida, que prestava serviço comunitário com as crianças carentes da cidade. Dona Dionísia alugava as dependências de um clube, pagava professores e levava diariamente crianças para fazer aulas de dança, natação e esportes de quadra, de modo a afastá-las das drogas e dos perigos da periferia. No entanto, em mais um dia que dirigia seu pequeno utilitário com as crianças, foi desviar de um gatinho que atravessou rapidamente a rua e caiu em um grande buraco, tombando sua “Van” e ferindo todas os passageiros.

Aquele relato apertou o coração do Sr. Álvaro: “Como pode, meu Deus, uma pessoa tão bondosa, que está ajudando a prefeitura com seu trabalho voluntário, não ter as mínimas condições para simplesmente circular nas ruas de forma segura? Isso tem que acabar!”.

Foi assim que o Sr. Álvaro se lembrou de um amigo com quem dividiu quarto na época de universidade, e que hoje chefia um grupo de Química dos Materiais. Não hesitou e suplicou ajuda, pois as más condições asfálticas da cidade não podiam continuar.

Ao se deparar com o pedido, o professor de Química chamou seu aluno mais audacioso e lhe propôs o desafio de buscar soluções para esta situação.

O aluno, Henrique, com os olhos arregalados indagou:

 

- Mas professor, por onde devo começar?

Respondeu o professor:

- Pesquisando a respeito de modificações que podem melhorar a qualidade do asfalto utilizado, aumentando sua qualidade, durabilidade e segurança.

 

De acordo com o caso proposto e com base em seus conhecimentos em química, proponha possíveis modificações que podem ser feitas na confecção do asfalto de modo a amenizar o problema e argumente a favor de uma delas.

 

Estudo de Caso acessado 748 vezes desde 05/06/17

 

Material Complementar e Soluções para o Caso

O presente material contém 3 arquivos em PDF:

- o caso para impressão no formato A4;

- o texto completo (contendo tópicos como: as fontes de inspiração, a teoria, os conceitos/habilidades/atitudes que se pretende contemplar a partir da aplicação do caso, as etapas sugeridas para a aplicação em sala de aula, as questões sugeridas para discussão e as soluções possíveis para o caso);

- a apresentação em Data-Show do caso e suas soluções.

Acessar Material Complementar